• Patricia Brandão

Barcelona, a cidade mais instigante da Europa


O que posso dizer de Barcelona? A segunda maior cidade da Espanha é absolutamente instigante, camaleônica. Uma mistura de grandes avenidas e charmosas ramblas (ruas de pedestres), todas as marcas internacionais e charmosas lojas boho, destino de estudantes atraídos por suas excelentes universidades. Barcelona também tem uma natureza pródiga; montanhas, parques e praias. A cidade respira cultura, repleta de museus, galerias, igrejas, monumentos, sem deixar de lado a vida noturna com as inúmeras opções de boates e bares que atraem jovens de todo o mundo. E claro, o futebol… A capital da Catalunha é a casa do time mais badalado do mundo, o Barcelona, onde jogam os craques Messi e Neymar. A cidade cultiva a tradição de polo cultural, favorecida historicamente pelo seu porto. Pelas ruas, a efervescência cultural é evidente, estampada em prédios e monumentos em estilo gótico e modernista, muitos de autoria de Picasso, Miró e Gaudí. A obra mais ambiciosa e simbólica da cidade é sem dúvida a Catedral da Sagrada Família, autoria de Antoni Gaudí, cuja a construção foi iniciada em 1883 e é considerada a mais importante do movimento modernista na Catalunha. Gaudí deixou o projeto pronto, com todos os detalhes registrados, mas passou longe de vê-lo finalizado. O local está em obras até hoje e fala-se em 2026 como ano de conclusão, mas ninguém garante. O arquiteto catalão espalhou por Barcelona outras grandes obras, como a Casa Vicens, Parc Güell, Casa Batlló e Casa Milà (também conhecida como La Pedrera). Se pretende visitar a cidade, organize com antecedência e compre seus tickets pela internet, os ingressos esgotam com rapidez e as filas são imensas. Outra parada obrigatória para os amantes das artes é a Fundació Joan Miró, primeiro museu de arte contemporânea da cidade de Barcelona, conta com

mais de 14 mil obras do artista. O visitante pode ver pinturas, esculturas, cerâmicas, desenhos de Miró, além de outras mostras itinerantes. O museu fica no Parc de Montjuïc, o “pulmão verde” da cidade. Há dois acessos ao parque: pela Plaça Espanya e pelo extremo Oeste, utilizando o funicular ou fazendo uma viagem aérea no Aeri del Port (teleférico). Dentro do parque, vale visitar o Castell de Montjuïc, símbolo da repressão e das batalhas da Catalunha, de onde é possível ter uma vista panorâmica incrível do mar e da cidade. Situado no alto do Parc de Montjuïc, a Anella Olímpica representa o coração dos Jogos Olímpicos de 1992, que marcaram a revitalização de Barcelona. O complexo reúne o Estadi Olímpic Lluís Companys, o Palau Sant Jordi, a Torre de Comunicacions e o Museu Olímpic i de l’Esport. Devido aos jogos, um plano de revitalização foi feito também na região portuária da cidade, no ponto conhecido como Port Vell. Um moderno e largo calçadão, chamado de Passeig Marítim, foi construído à beira-mar, ladeado por palmeiras. Os armazéns abandonados foram substituídos por lojas, restaurantes, boates e uma elegante marinha para iates. Os jogos de 2016 no Rio se inspiraram no case de sucesso da cidade catalã. As melhores praias dentro da cidade são Bogatell, Marbella e Nova Marbella, todas com águas claras e calmas. Apesar de muito famosa, não espere muito de Barceloneta. Fiquei apaixonada pelo Parc de La Ciutadella. Situado no bairro de Ciutat Vella, o local abriga o Zoológico de Barcelona, a sede do Parlamento da Catalunha e os museus de Geologia e Zoologia. É perfeito para fazer exercícios físicos, relaxar ao ar livre. A gastronomia é ponto alto da Cidade, come-se muitíssimo bem, da cozinha típica e tapas locais à japonesa ou italiana, a oferta é imensa e de alto nível. Restaurantes menos turísticos e acessíveis ficam nos arredores de Las Ramblas e nos bairros Gótico e El Born. Depois de jantar (para os locais, nunca antes das 22h), la fiesta!. Para quem gosta de música eletrônica, as melhores baladas são na Pacha e Opium que estão no Passeig Marítim, ou então nas proximidades da Calle Tusset, no bairro Grácia.

Onde ficar:

Hotel Monument: Localizado no elegante Paseo de Gracia, a 5 minutos a pé da Casa Battló e La Pedrera, oferece serviços de luxo, incluindo um restaurante gourmet, melhor localização impossível. www.monumenthotel.com

Soho House Barcelona: O hotel abriu no final do ano passado numa charmosa praça alinhada de palmeiras à beira-mar. É tudo o que você espera do conceito do Soho House, com muitas influências de design espanhol para estimular o sentido do lugar. www.sohohousebarcelona.com

Onde Comer&beber:

El Nacional: maior centro gastronômico da Espanha, um projeto incrível com vários restaurantes e bares, localizado no coração da cidade onde funcionava uma antiga garagem de carros, imperdível / Paseo de Gracia 24, Tel: +34 935 18 50 53

Pez Vela: Restaurante delicioso a beira-mar, embaixo do Hotel W/ Passeig del Mare Nostrum, 19 - 21

Cervesería Catalana: considerado o melhor bar de tapas da cidade / Mallorca, 236 Tel: +34 932 160 368

La Vinya del Senyor: Melhor wine bar da cidade, com vista para a Basílica de Santa Maria del Mar / Plaza Sta Maria, 5, Barcelona, Tel: +34 933 10 33 79

Restaurante 7 Portes: Paellas e frutos do mar maravilhosos, um clássico / Passeig Isabel II 14, Tel: +34 933 19 30 33

Ikibana – Lounge e restaurante asiático super badalado, melhor para noite/ Av. del Paraŀlel, 148, Tel: +34 934 24 46 48

Assunta Madre: Excelente cozinha italiana e mediterrânea. Carrer de Provença, 300, Tel: +34 932 15 32 35


198 visualizações

© 2016 Patricia Boiteux Brandão. Todos os direitos reservados.