• Patricia Brandão

Osklen apresenta linda coleção inspirada em Tarsila do Amaral no SPFW


Tarsila do Amaral, maior representante feminina do movimento artístico do século XX, foi a inspiração por trás da pocket collection desfilada pela Osklen nesta segunda-feira (28.08), dentro do line-up do SPFW. Oskar Metsavaht sentiu-se extremamente honrado quando foi procurado pela família da artista Tarsila do Amaral para desenvolver uma coleção inspirada em sua obra, mas tratava-se também de um grande desafio. Como trabalhar em cima de uma obra tão importante, com tanta história embutida? A equipe de estilo da Osklen teve o privilégio de desfrutar de todo o acervo da artista, mas foram dos esboços de Tarsila que as ideias começaram a surgir. Em vez da riqueza de cores e personagens que habitam o universo de Tarsila, os suaves desenhos à lápis sugeriram uma outra maneira de trabalhar, com uma cartela de cores mais suave. Os primeiros looks que abrem o desfile são limpos, em branco e cru, como uma tela em canvas pura. Aos poucos aparecem os esboços da artista em lápis ou nanquim preto, seguida de uma linda série de vermelhos inspirada no autorretrato Manteau Rouge. A parceria encerra com peças totalmente estampadas por obras de Tarsila, como Abaporu e Brasileiros. Oswald de Andrade, amigo de Tarsila, foi inspiração para um dos pontos altos da coleção, as peças em risca de giz. Destaque também para os acessórios: tênis foram confeccionados em corda de algodão e as flats fazem referência às telas em branco da pintora, além de clutches de madeira de reflorestamento com alça removível composta pelos lenços de seda estampados com quadros icônicos de Tarsila - como Palmeiras (1925), Abaporu (1928) e Antropofagia (1929).


91 visualizações

© 2016 Patricia Boiteux Brandão. Todos os direitos reservados.