• Patricia Brandão

Exposições imperdíveis em Paris nesse início de 2019


Visitar Paris é sempre maravilhoso, além do glamour, um mergulho na história: sentir os vestígios da antiga cidade romana, a grandeza das abadias medievais, contemplar os esplendores góticos, a arquitetura clássica, visitar os museus com suas coleções napoleônicas, impressionistas, modernas, contemporâneas, percorrer as grandiosas avenidas e se perder pelas ruelas antigas. Uma concentração excepcional de tesouros de arte e de cultura podem ser descobertos a cada visita! Mais de 180 museus e monumentos parisienses te esperam. O site listou as exposições imperdíveis que serão inauguradas neste início de 2019.

Van Gogh, la nuit étoilée

O Atelier des Lumières, inaugurado em abril de 2018 no 11° arrondissement de Paris, é um centro de arte digital especializado em exposições imersivas. Depois do sucesso da exposição de Gustav Klimt, em 2019 a estrela da vez será o pintor holandês Vincent van Gogh, cuja vida e produção artística tem laços fortes com a França. Nesse tipo de mostra – imersiva e digital – imagens de obras do artista serão projetadas nas paredes, pisos e tetos do Atelier. Durante os últimos 10 anos de sua vida, Vincent van Gogh pintou mais de 2000 quadros, sem nunca conhecer a glória. Hoje, é um dos artistas mais famosos do mundo. Sua trágica vida inspirou cineastas (William Dafoe incorporou o pintor em Eternity's Gate, pelo qual foi indicado ao Globo de Ouro 2019). A partir do dia 22 de fevereiro, obras-primas como: Potato Eaters (1885), the Sunflowers (1888), The Starry Night (1889) e The Bedroom (1889) ganharão vida, revelando toda a força de Van Gogh, embaladas por uma música assombrosa assinada por Luca Longobardi.

Atelier des Lumières: 38 Rue Saint-Maur, 75011, Paris

La Collection Courtauld

A rica seleção da Coleção Courtauld, será exposta a partir de 20 de fevereiro de 2019, na Fondation Louis Vuitton. O público poderá apreciar mais de 110 obras impressionistas que pertenceram ao grande fabricante e colecionador têxtil, Samuel Courtauld, incluindo o famoso autorretrato de Van Gogh com o orelha enfaixada. Manet, Seurat, Cézanne, Van Gogh, Gauguin, Monet, Degas ... obras-primas desses gênios da arte impressionista estarão reunidas pela primeira vez em Paris, cronologicamente cenografadas para melhor entendimento da evolução do Impressionismo e pós-impressionismo da década de 1860.

Fondation Louis Vuitton: 8 Avenue du Mahatma Gandhi, 75116 Paris

Toutânkhamon - Le Trésor du Pharaon

Para celebrar o centenário da descoberta do túmulo de Tutancâmon no Egito (conhecido como o "faraó-menino"), uma grande exposição será apresentada no Grande Halle de La Villette, em março de 2019. Mais de 150 obras-primas (50 delas expostas pela primeira vez fora do Egito), serão vistas em uma cenografia imersiva. A peça central é a estátua do Deus Amon protegendo Tutancâmon, pertencente ao acervo do Museu do Louvre. Em 1967, um milhão de visitantes foi ao Petit Palais, em Paris, para se maravilhar com os tesouros egípcios. A expectativa é que esse público seja ainda maior. Esta grande exposição ganhará uma turnê por várias capitais mundiais, aportando definitivamente no Grande Museu Egípcio, atualmente em construção no Cairo, no planalto de Gizé.

www.lavillette.com


0 visualização

© 2016 Patricia Boiteux Brandão. Todos os direitos reservados.