• Patricia Brandão

Courrèges desfila peças desenvolvidas em parceria com Oskar Metsavaht


O Instituto-E, idealizado e presidido por Oskar Metsavaht, diretor criativo da Osklen, iniciou nesta Paris Fashion Week uma parceria com a Courrèges, à convite da designer Yolanda Zobel, nos mesmos moldes que realiza com a Osklen, no mapeamento e desenvolvimento de matérias-primas de origem sustentável conhecidas como e-fabrics.

No lindo desfile da Coleção Primavera/Verão 2020, realizado dia (25.09) na beira do Canal St Martin, a Courrèges apresentou diversas peças confeccionadas com o couro de peixe de pirarucu, proporcionando textura para itens icônicos da marca como a tradicional jaqueta e também sobretudos, calças e shorts, além de dar um ar futurista aos modelos apresentados. A pele do pirarucu é uma alternativa eco-eficiente que beneficia comunidades locais, protege o bioma da Amazônia, além de exportar a cultura brasileira para o mundo. A marca francesa, fundada em 1961 por André e Coqueline Courrèges, hoje pertencente ao grupo Kering, mostrou além de uma coleção impactante e moderna, sua processo mais sustentável, abolindo completamente o plástico de suas criações, material que foi durante anos marca registrada da casa.


17 visualizações

© 2016 Patricia Boiteux Brandão. Todos os direitos reservados.