Beatriz Milhazes expõe suas esculturas no Rio

21 May 2017

 

 

Beatriz Milhazes deixa o plano das telas e parte para tridimensionalidade em suas esculturas, trabalhando lindamente com flores, arabescos, círculos e mandalas característicos de sua obra. Pela primeira vez no Rio de Janeiro, a mostra "Marola, mariola e marilola", inaugurou nesse sábado (20/5) para convidados e a abertura para o público geral será no dia 23, no espaço de arte Carpintaria. As três esculturas que dão nome à mostra foram criadas ao longo de cinco anos de pesquisa e apresentam sintonia com as telas, gravuras e colagens da artista. Penduradas no centro da espaço expositivo da galeria do Jardim Botânico, as obras estão cercadas por quatro telas de Beatriz, em um diálogo que a artista considera importante para que o público compreenda a gênese dos trabalhos. Beatriz já participou de bienais de Veneza (2003), São Paulo (1998 e 2004) e Shangai (2006). Suas obras integram as coleções de grandes museus, como Museum of Modern Art (MoMA), em Nova York; do 21st Century Museum of Contemporary Art, no Japão; e do Museo Reina Sofia, em Madri. Ainda esse ano, ela terá grande parte de sua obra reunida em um volume da série especial que a editora alemã Taschen dedica a grandes pintores contemporâneos.

 

Carpintaria: Rua Jardim Botânico, 971 – Jardim Botânico

Quando: 20 de maio a 15 de julho de 2017

Horário de funcionamento: De terça a sexta, de 10h às 19h / Sábados, de 10h às 18h

Please reload

© 2016 Patricia Boiteux Brandão. Todos os direitos reservados.