Jardim Botânico ganha um novo bistrô francês: Didier

5 Sep 2018

 

 

 

Didier Labbé, depois de atuar por 10 anos como chef executivo do Grupo Troisgros, abre seu próprio restaurante, um bistrô de bairro com alma franco-carioca.

 

Sob influência familiar aos 15 anos Didier Labbé teve seu primeiro contato com a gastronomia ao ingressar na escola de hotelaria de Saint Meen le Grand na França. Trabalhou em Paris no estrelado L’Arpège ao lado do chef Alain Passard até os 24 anos, quando partiu para novos desafios nos Estados Unidos e abriu o Clementine em Richmond, serviu ao longo de 10 anos receitas autorais francesas. Questões familiares guiaram seu destino ao Rio de Janeiro. De lá para cá seguiram-se 10 anos ao lado da família Troisgros.

 

O restaurante Didier resgata o conceito de Bistronomia que conjuga as palavras bistrô e gastronomia, baseado numa cozinha simples com toque autoral e produtos de qualidade. O foco é explorar todas as possibilidades gastronômicas dos ingredientes brasileiros, aliando as bases clássicas francesas às técnicas atuais. Com essa ênfase, o chef preparou um menu atraente com criações como o folheado de gorgonzola  com pera e rúcula ou ainda a porção de mexilhões e camarões que chegam à mesa com chips de batata e sauce bisque. As opções de entrada que se seguem são cheias de personalidade e mostram o flerte do chef com a cozinha tradicional e moderna. Clássicos como o steak tartare escoltado por batas fritas contrastam com o Salmão marinado com batata doce, alho poró, ciboulette e pimenta rosa.

 

Na seleção de pratos principais estão em destaque: Tagliatelle com champignon de Paris, cebola e linguiça chorizo; Pargo grelhado acompanhado de aspargos, abóbora, quiabo e velouté de manjericão; Salmão com tomate confitado, endívias e beurre blanc; Confit de pato com arroz de brócolis, cebolinhas e molho de pimenta. Para os vegetarianos o chef reservou 5 opções de receitas. Uma vez por mês Didier vai servir iguarias que não circulam com frequência pelas mesas cariocas, mas fazem parte da tradição francesa, com rã e escargot, de produtores do Estado do Rio.

 

Na sobremesa,  os doces clássicos como os profiteroles  recheados de sorvete e cobertos por calda de chocolate e amêndoas adoçam o paladar. Outra opção são os ovos nevados com creme inglês. Na hora do almoço de terça à sexta (exceto feriados) o menu du jour tem as sugestões listadas no quadro-negro, e a possibilidade de saborear, das 12h às 16h, o prato do dia com direito a entrada ou sobremesa  por R$45,00

 

Quem assina o projeto da nova casa que abrigou por anos o Restaurante de Claude Troisgros é arquiteto Ricardo Hachyia, que dividiu a casa em dois espaços claros e alegres. No primeiro ambiente as mesas são brancas contrastando com as cadeiras em amarelo limão. Já o anexo remete ao bairro de Montmartre em Paris, conhecido por ser reduto de artistas e boêmios. A ideia é ter ali um espaço onde obras de artes possam ser expostas, em meio as pequenas mesas redondas.

 

Rua Alexandre Ferreira, 66 . Lagoa.

Telefone: 55-21- 32647960

Funcionamento: almoço de Terça à Sexta das 12h às 16h  .  Jantar das 19h00 às 23h00h. Sábado das 12h às 23h30. Domingo das 12h às  17h30. Fecha segunda-feira. Capacidade 50 pessoas.

Please reload

© 2016 Patricia Boiteux Brandão. Todos os direitos reservados.